Existem alternativas aos a tradicionais absorventes?

Tabelinha é seguro? Como calcular o período fértil corretamente?
09/03/2015
Vida sexual se intensifica após 50 anos de casamento
24/03/2015

Existem alternativas aos a tradicionais absorventes?

denisevasconcelo

A maioria das mulheres convive mensalmente com os tradicionais absorventes, sejam internos ou externos. Mas estão surgindo outras alternativas a esses produtos, ainda pouco populares no Brasil. Vivemos em uma era moderna onde a maioria das mulheres usa diferentes tipos de absorventes que possuem produtos químicos e poluentes. E é cada vez mais frequente casos de reações alérgicas a esses produtos.
Absorventes reutilizáveis sempre existiram, mas eles retornaram de uma forma diferente, com design moderno e bonito. Eles são livre de produtos químicos, ecológicos e econômicos. Além disso, é uma alternativa para reduzir o impacto ambiental. Uma mulher utiliza mais de 11.000 absorventes descartáveis na vida. Além de embalagens, aplicadores e fitas. Todo esse lixo vão para aterros sanitários ou para o mar. Seguem as opções mais frequentes:
O Mooncup é um coletor, um copo feito de silicone, isento de látex, hipoalergênico e não contém corantes, alvejantes ou toxinas. Por não ser absorvente, não causa secura e não altera o equilíbrio da flora vaginal. Um selo evita vazamentos e ajuda na retirada do copo. No entanto, são necessários alguns cuidados. O copo deve ser usado por um máximo de 8 horas por vez e, depois de esvaziá-lo, é recomendado a esterilização com comprimidos especiais ou em água fervendo durante três minutos. O Mooncup tem marcas de medição, permitindo as mulheres relatar com precisão a perda de sangue menstrual com o seu médico ou ginecologista. A duração é de aproximadamente dez anos.

As esponjas naturais são outra opção. Essas esponjas especialmente tratadas também são reutilizáveis. Elas são completamente limpas, desinfetadas e secas antes de serem vendidas. Para utilizá-las, é preciso primeiro mergulhá-las em água quente. A esponja irá se expandir e se adaptar ao formato da vagina. Durante o ciclo menstrual, as mulheres devem tirá-la e lavá-la com água quando precisarem. Depois, a esponja deve ser mantida imersa em água durante à noite e, depois, enxaguada e seca antes de ser guardada.

As toalhas íntimas são feitas de algodão e eram muito usadas por mulheres antes da popularização do absorvente descartável. Existem toalhas em diferentes formatos e cores e elas são vendidas de diversas maneiras, ou podem ser fabricadas em casa. As adeptas desse método dizem que ele é mais confortável do que os absorventes sintéticos e não irritam a pele. As toalhas também podem ser lavadas e reutilizadas.

Existem também absorventes tipo fralda. São produtos facilmente encontrados na internet, mas não devem ser confundidos com as fraldas para adultos. São semelhantes a uma calcinha, mas têm propriedades absorventes e não mancham. Também podem ser reutilizados e lavados normalmente com a roupa íntima. O design desse tipo de absorvente é parecido com o de absorventes descartáveis. Eles são feitos de material antibacteriano que absorve os fluidos.

Dra Denise Vasconcelos
Dra Denise Vasconcelos
Dra Denise Vasconcelos - Renomada Ginecologista e Obstetra, graduada pela em Medicina UPE, com residência médica em Ginecologia e Obstetrícia MEAC/UFC. Com título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela FEBRASGO. Treinamento e Aperfeiçoamento em Endoscopia Ginecológica – Videocirurgia em Brasília/ DF; Histeroscopia Cirúrgica com Ressectoscópio em São Paulo/SP. Treinamento/ Aperfeiçoamento em Ultrassonografia – Medicina Interna/ Mama e Tireóide/ Ginecologia e Obstetrícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *